#

Experimentos Heliocentristas que falharam vergonhosamente

EXPERIMENTOS HELIOCENTRISTAS NOTÁVEIS QUE *FALHARAM* EM DETECTAR QUALQUER MOVIMENTO DA TERRA AO REDOR DO SOL

Sim, houveram experiências científicas muito reais que provaram que a Terra é fixa e imóvel, que o Sol, a Lua e as estrelas estão em movimento ao nosso redor, e que existe o Éter e não um vácuo em que todos estejam fixos e permaneçam constantes.

Havia um grupo de “cientistas” que decidiram que seus pronunciamentos heliocêntricos seriam comprovados e aceitos. Eles realizaram vários experimentos para provar que a Terra se move ao redor do sol. Não surpreendentemente, esses experimentos fracassaram – e eles sabiam disso, mas eles ocultaram essa informação. Em suas mentes corruptas, o heliocentrismo teve que refutar a Bíblia, não importa o custo – então, em vez de ser científico e aceitar que a Terra não se move, eles decidiram manter a verdade em injustiça. Eles suprimiram a verdade como qualquer mentiroso faria. A ciência falsa não consegue e não pode comprovar o movimento da Terra porque ela não se move. Não é um planeta (“estrela errante”). Aqueles primeiros falsos cientistas são os autores dos livros didáticos que os “cientistas” e os autores de hoje consultam. Os alunos que aprenderam com eles estão em pior estado do que estavam (Mateus 23:15), porque esses estudantes realmente acreditam que a Terra se move enquanto os falsos cientistas originais sabiam que estavam errados.

O seguinte é extraído de The Basic Scientific Arguments for Geocentricity por Malcolm Bowden.

EXPERIMENTOS CIENTÍFICOS. A maioria dos cientistas sabem sobre o experimento Michelson-Morely que não conseguiu detectar nenhum movimento da Terra ao redor do Sol. Isso teve que ser superado, de modo que o encurtamento Fitzgerald-Lorentz do aparelho foi proposto e, eventualmente, a Teoria da Relatividade paradoxal foi inventada por Einstein para superar esse problema. No entanto, há outras três experiências que foram deliberadamente ignoradas pelas universidades porque elas dão suporte a geocentrismo:

(1) A experiência de Michelson-Gale (Referência – Astrophysical Journal 1925 61 p 140-5) Isso detectou o Éter que passa na superfície da Terra com uma precisão de 2% da suposta velocidade da rotação diária da Terra. Assim, o experimento Michelson-Morely não detectou nenhum movimento da Terra ao redor do Sol, mas o experimento de Michelson-Gale mediu a rotação do Éter em torno da Terra mas não a rotação da própria Terra. Isso certamente fala volumes para geocentricidade.

(2) “Falha de Airey” (Referência – Proc. Roy. Soc. London v 20 p.35). Os telescópios têm que estar ligeiramente inclinados para que a luz das estrelas desça o eixo do tubo por causa da “velocidade da Terra ao redor do Sol”. Airey encheu um telescópio com água que diminuiu a velocidade da luz dentro do telescópio e descobriu que ele não precisava mudar o ângulo do telescópio. Isso mostrou que a luz das estrelas já estava entrando no ângulo correto, de modo que nenhuma mudança era necessária. Isso demonstrou que eram as estrelas movendo-se em relação a uma Terra estacionária e não a Rerra em órbita rápida em movimento em relação às estrelas comparativamente estacionárias. Se fosse o movimento do telescópio, ele teria que mudar o ângulo.

(3) A experiência de Sagnac (Referência – Comptes Rendus 1913 v157 p.708-710 e 1410-3). Sagnac girou uma mesa completa com luz e espelhos com a luz passada em direções opostas ao redor da mesa entre os espelhos. Ele detectou o movimento da mesa pelo movimento das franjas de interferência no alvo onde foram recombinadas. Isso provou que existe um Éter que a luz tem que passar e isso destrói completamente a Teoria da Relatividade de Einstein que diz que não há Éter. É por esta razão que este experimento é completamente ignorado pelos cientistas. Mais recentemente, Kantor encontrou o mesmo resultado com aparelhos similares.

No automatic alt text available.

Todos esses experimentos nunca são ensinados nas universidades, de modo que os cientistas, inclusive a maioria dos criacionistas cristãos, ignoram essas evidências conclusivas que nosso “universo” é Geocêntrico e a Terra é estacionária.

Fonte: aterraeplana.com